15 sinais que tua relação tem futuro

Cada relação de casal se desenvolve de uma maneira diferente, mas os relacionamentos saudáveis têm algumas características em comum que nos ajudam a ver se estamos em um deles.

19 OUT 2020 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

15 sinais que tua relação tem futuro

O amor é essencial para qualquer relação longa e feliz, mas muitas vezes amar não garante a qualidade do relacionamento. Mesmo quando amamos muito alguém, é possível dúvidas se estamos com a pessoa certa.

Não sabes se estás com a pessoa que passará o resto da tua vida? Listamos abaixo 15 ingredientes que os relacionamentos saudáveis e duradouros têm em comum para que aprendas a avaliar a qualidade da tua relação.

1. Respeitais as diferenças

Nenhuma pessoa é igual a outra e saber respeitar a maneira de ser do teu parceiro, valorizar suas qualidades individuais, é fundamental para uma boa convivência. Casais inteligentes utilizam as diferenças de carácter, gostos e história de vida a seu favor, como uma forma de enriquecer a relação. Compreendem que cada um tem pontos fortes diferentes, que se complementam mutuamente, e actuam como uma equipa, não como adversários.

2. Existe compromisso

Não há nada pior do que estar numa relação e reparar que a outra pessoa não está comprometida como deveria. Em relação que tem futuro, há um compromisso real, o que significa estar juntos durante os desafios da vida, lutar para alcançar os sonhos em comum e apoiar o outro no que for necessário.

3. Discutis

Quando não são violentas e não ocorrem todos os dias, as discussões são benéficas para a relação. Argumentar é um sinal de que ambos são suficientemente fortes para expressar as suas próprias opiniões. Se um casal nunca briga, é sinal de que uma das partes está a pôr de lado os seus sentimentos, suas vontades, ou que não é verdadeiro e sobre o que realmente quer e pensa. Uma relação sem brigas não é equilibrada e isso pode ter o seu preço a longo prazo.

4. Mostrais tuas fraquezas

Ninguém é perfeito e com o aumento da convivência os casais começam a conhecer as falhas um do outro. Isso é natural e muito importante para o processo de amadurecimento da relação. No entanto, se estamos sempre a tentar transmitir uma imagem de perfeição que não corresponde àquilo que realmente somos, nunca será possível construir a confiança. Além disso, mostrar as nossas fraquezas é um sinal de humildade. É reconhecer que não somos perfeitos, que sabemos que a outra pessoa também não é perfeita, mas  que mesmo assim não vamos deixar de dar o nosso melhor para que a relação funcione.

5. Falais sobre sexo

A comunicação efetiva é a base de qualquer relação feliz e não poderia ser diferente quando o tema é sexo. Estar satisfeito nesta área é muito importante para o bem-estar geral de um casal. Por isso, falar de sexo deve ser visto como algo natural e ambas as partes devem estar confortáveis em expressar os seus gostos, desejos e fantasias sem temer ou ter vergonha da reacção do outro.

6. Aceitais o passado um do outro

Todos nós temos um passado e muitas vezes este passado inclui pessoas que foram muito importantes nas nossas vidas. Demonizar o ex do teu parceiro é um sinal de insegurança, de infantilidade e demonstra uma falta de inteligência emocional. Nas relações saudáveis, o passado do outro é respeitado porque sabe-se que o presente é o que realmente importa.

7. Há muito apoio

Quando realmente amamos, queremos ver essa pessoa ter sucesso nos seus objectivos pessoais. Somos o apoio necessário para que ela avance e não uma pedra no seu caminho. Não há disputa ou ciúmes do sucesso do outro.

8. O esforço é constante

Quando uma relação começa e estamos apaixonados, é muito natural que ambas as partes se esforcem para fazer a outra feliz. Contudo, com o passar do tempo, este envolvimento diminui devido ao falso sentimento de já conquistamos a outra pessoa. Manter um relacionamento saudável é um trabalho árduo e requer atenção constante. O esforço que cada um coloca na relação deve ser consistente e igualmente reconhecido e apreciado pela outra pessoa.

9. Sentis bem nos momentos de silêncio

Em casais maduros e confiantes, falar é tão importante quanto o silêncio. Estar com o teu parceiro em silêncio, apenas a desfrutar do momento sem ter de dizer nada para provar que está bem, é um sinal valioso que estar juntos é reconfortante e revigorante.

10. Mantendes a identidade e a individualidade

Se estás com a pessoa certa, não terás de mudar a tua essência e os teus gostos. Não terás de afastar dos teus amigos e familiares. Poderás ter os teus próprios sonhos, hobbies, objectivos pessoais e não terás de se sacrificar pelo outro. Somos indivíduos inteiros e o nosso companheiro vem para somar.

11. Respeitais a privacidade um do outro

Sois uma equipe, mas continuais a ser duas pessoas diferentes que têm o direito de ter a  privacidade respeitada. Isso significa que não há espaço para olhar os telemóveis um do outro ou para querer controlar as redes sociais do parceiro. Os casais saudáveis não perdem tempo a envolverem-se nesse tipo de atitude que nada tem a acrescentar.

12. Há confiança

Sem confiança não há relacionamento. Se não confias, a relação é insustentável porque nunca te sentirás à vontade com o teu parceiro para sair sem ele ou para passar un tempo só com os teus amigos. Desconfiarás se um dia ele disser que trabalhará até tarde e nunca acreditarás na sua palavra.

13. Sois sempre abertos, honestos e directos

Saber se comunicar é importante em todas as esferas da vida, inclusive nos relacionamentos. Uma comunicação aberta, honesta e sem filtros, em que ambas as partes se sentem confortáveis para expressar as suas opiniões sem serem julgadas, é fundamental para a construção de um vínculo forte. Para uma boa comunicação, é importante ser assertiva, mas também é essencial saber ouvir.

14. Não evitais temas delicados

Em alguns momento é necessário falar sobre questões delicadas, tais como as finanças, o futuro da relação, se quereis ou não ter filhos, etc. Ao evitar temas difícies por medo da reacção do outro, podemos suprimir sentimentos importantes e causar uma falsa sensação de que tudo está bem. Além disso, quando não falamos sobre essas questões, elas não podem ser resolvidas e a relação tende a estagnar.

15. Não tentais mudar o outro

Ninguém deve tentar mudar o seu carácter ou personalidade, mas procurar te enconrajar a desenvolver teus pontos fortes e qualidades. Se estiveres com a pessoa adequada, certamente serás tua melhor versão. 

PUBLICIDADE

Psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.pt

Bibliografia

Suzann Pileggi Pawelski, The Happy Couple: https://www.scientificamerican.com/article/the-happy-couple-2012-10-23/

Martin E.P. Seligman, Authentic Happiness; Free Press (2002).

Kamp Dush, Claire; Taylor, Miles G.; A. Kroeger Rhiannon, Marital Happiness and Psychological Well-Being Across the Life Course: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3650717/

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre terapia de casal