7 segredos das relações que duram toda a vida

Fazer uma relação durar para sempre não é fácil, mas com a estratégia correta é possível. Neste artigo damos 7 dicas para que o seu relacionamento seja à prova do tempo.

22 OUT 2020 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

7 segredos das relações que duram toda a vida

Conquistar um amor que dura toda uma vida é o sonho de muitas pessoas, mas poucos conseguem. Quase metade dos casamentos, terminam em divórcio. Com tantas relações falidas, é natural querer entender o que ocorre com os casais que estão juntos há anos e continuam a se dar bem. 

A verdade é que não existe uma fórmula mágica que garanta o amor eterno. No entanto, o que diferencia as uniões duradouras e felizes das mais efémeras é o nível de comprometimento na relação. Casais que dão certo, trabalham para isso e fazem um esforço permanente para que tudo funcione bem. Para essas pessoas, o relacionamento nunca deixa de ser prioridade e conseguem equilibrar a convivência a dois com as outras esferas da vida. 

O casamento pode ser a experiência mais satisfatória da vida, mas também a mais desagradável. Nas últimas décadas, aumentamos as nossas expectativas em relação ao casamento e passamos a não nos contentar com pouco. Isso requer um enorme esforço para que o relacionamento dê certo. Eli Finkel, escritor.

7 chaves para um casamento durar a vida toda

1. Actuar como uma equipa

Os casais felizes sabem como manter a individualidade, mas trabalham sempre em equipa. Ambos sabem que juntos são mais fortes e aproveitam os pontos fortes um do outro para alcançar os objectivos que têm em comum. Neste tipo de relação não há ego, não há disputas e quando falam de realizações, usam o "nós" em vez do "eu".

2. Valorizar os pontos positivos de cada um

Todos temos as nossas fraquezas e defeitos. Não existe uma pessoa perfeita nem uma relação perfeita. Contudo, mesmo nas fases difíceis da relação, temos de saber olhar além. Temos de reconhecer as qualidades do outro e deixar de ser tão críticos. É importante focar menos nos pontos fracos do parceiro e prestar mais atenção nas suas virtudes e qualidades. 

3. Não discutir por temas bobos

Brigar por problemas pequenos desgasta a relação e pode criar uma distância emocional irreversível no casal.  Divergências de opinião inevitavelmente vão ocorrer, mas quando se discute sobre tudo, muitas vezes não se concentra no que realmente importa. Vale a pena começar uma briga porque o parceiro deixou a toalha molhada na cama? Ou é melhor reservar tua energia para as discussões que realmente fazem sentido e que são importantes? 

4. Se colocar no lugar do outro

Quando temos um problema com o nosso parceiro, normalmente nos concentramos no nosso próprio umbigo e deixamos de ver o outro lado da moeda. Em momentos difíceis é essencial ter empatia e tentar se colocar no lugar da outra pessoa. Isso significa ouvir com atenção e interesse, sem interromper, sem tentar querer ter sempre razão. Viver em casal significa, muitas vezes, ceder. 

5. Construir a confiança

A confiança é a base do amor e de uma relação longa. Ser honesto, saber se comunicar e respeitar os espaços de cada um são ingredientes fundamentais para desenvolver a confiança. Logo, em uma relação de confiança, as conversas são francas porque não há medo de partilhar desejos, ideias e sentimentos. A escuta é activa e pode ser autêntica porque não há medo de ser julgada ao dizer o que se está a pensar.  

6. Cuidar da autoestima

Para amar o outro, primeiro devemos ter amor-próprio. Alguém com a autoestima elevada, sabe ser um casal, mas não deixa de lado os seus próprios interesses e sonhos. Tem consciência de que a sua felicidade não deve depender de ninguém. Então, não precisa colocar no relacionamento todas as suas expectativas. Sabe que está com o outro por opção e não para compensar as suas carências. 

7.  Não esquecer dos detalhes

Com o tempo, muitos casais passam a ter a percepção errada de que já não precisam conquistar um ao outro. Deixam de cuidar dos detalhes e não passam mais um tempo de qualidade juntos. Isso enfraquece a relação. Não esperes um dia especial para seduzir o seu parceiro, para fazer algo divertido ou para demonstrar o seu amor. Ser afectuosa, cuidar de si própria e ter um interesse genuíno pela outra pessoa deve fazer parte da vida quotidiana de qualquer casal. 

PUBLICIDADE

Psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.pt

Bibliografia

Joel, S., Eastwick, P. W., Allison, C. J., Arriaga, X. B., Baker, Z. G., Bar-Kalifa, E., ... & Carmichael, C. L. (2020). Machine Earning Uncovers the Most Robust Self-Report Predictors of Relationship Quality Across 43 Longitudinal Couples Studies. Proceedings of the National Academy of Sciences, 117(32), 19061-19071.

Simon Samuels, The Lifelong Relationship: How to Make Your Relationship and Marriage Healthy and Loving for a Lifetime; Simon Samuels (2020). 

American Psychological Association, Happy Couples: How to Keep your Relationship Healthy: https://www.apa.org/topics/healthy-relationships

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE

últimos artigos sobre terapia de casal