7 verdades sobre a depressão que todos deveriam saber

A depressão é um transtorno psicológico que acomete mais mulheres e que se caracteriza por provocar desinteresse, tristeza, apatia ou culpa. Nos piores casos, pode levar ao suicídio.

22 OUT 2020 · Leitura: min.

PUBLICIDADE

7 verdades sobre a depressão que todos deveriam saber

A depressão é uma transtorno mental que afecta mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas o estigma, os mitos e a falta de conhecimento continuam a ser barreiras para o tratamento. Quando negligenciada, a depressão pode levar ao suicídio. Por isso, é tão importante se informar sobre o tema. Abaixo explicamos 7 factores sobre a doença que todos deveriam saber.

1. Depressão nem sempre tem uma causa aparente

Frequentemente, as pessoas ficam deprimidas porque passaram por um período difícil, como a perda do emprego, a morte de um ente querido ou a ruptura de uma relação. Mas, às vezes, não há nenhum motivo óbivio que justifica a depressão. Nestes casos, as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo controlo do nosso estado de ânimo podem estar desequilibradas. Isso faz com que a pessoa se sinta mal quando tudo na sua vida vai aparentemente bem.

2. Muitos factores podem causar depressão

As causas da depressão ainda não são totalmente conhecidas, mas os especialistas acreditam que o transtorno se deve a uma combinação de factores. A predisposição genética associada a factores ambientais pode actuar como gatilho. Mas existem outras causas.

De acordo com inúmeros estudos, ter um pai ou avô com depressão aumenta risco, sugerindo que a genética desempenha um papel importante na manifestação da doença. As taxas de depressão são também mais elevadas entre os usuários de drogas.

Outros factores relacionados com a depressão incluem:

  • Desequilíbrio químico no cérebro - A depressão pode estar relacionada com um desequilíbrio nos neurotransmissores responsáveis pela regulação do humor, tais como, dopamina, e noradrenalina. Segundo os especialistas no assunto, ter muito ou pouco destas substâncias no organismo pode causar ou contribuir para o transtorno.
  • Hormonas - Qualquer alteração na produção ou função das hormonas geradas, por exemplo, pela gravidez, menstruação menopausa pode desencadear a depressão.
  • Stress e trauma - a morte de alguém próximo, trauma, abuso físico e psicológico ou grandes mudanças na vida (tais como um divórcio ou a perda do emprego) podem desencadear a depressão.

3. Estar triste não é o mesmo que ter depressão

Tal como a alegria, a tristeza faz parte davida e é uma reacção natural a circunstâncias dolorosas. Em muitas ocasiões, todos nos sentimos tristes e desanimados. No entanto, a depressão é uma doença que precisa ser tratada e que tem uma série de sinais características, incluindo :

  • Sentimento permanente de tristeza.
  • Inquietude e irritabilidade.
  • Sentir-se ansioso, sem esperança, ou desamparado.
  • Perda de interesse em actividades que antes desfrutava.
  • Diminuição do desejo sexual.
  • Fadiga constante e baixa energia.
  • Problemas de concentração e memória.
  • Dificuldades na tomada de decisões.
  • Problemas de apetite. Perda ou ganho de peso excessivo.
  • Sintomas físicos tais como dores de cabeça, tonturas e dores de estômago que não passam com o uso de medicamentos.

4. Criança também pode ter depressão

Muitas pessoas acreditam que a infância é sempre uma fase feliz e despreocupada. Tendem a minimizar certos problemas de infância ao achar que as crianças têm pouca experiência de vida para sofrer qualquer conflito significativo.

No entanto, a depressão infantil é um problema real e deve ser tratado. Entre as muitas razões que podem levar a ela, podemos destacar:

  • A educação é muito rigorosa e a criança não consegue lidar com a pressão vinda dos pais.
  • Mudança de escola ou cidade.
  • Bullying.
  • Primeiro confronto com a morte de alguém próximo.
  • Viver em ambiente de violência doméstica.
  • Os sintomas da depressão infantil podem ser confundidos com uma doença física, como por exemplo, uma diarreia que n

5. Depressão é doença

Depressão não é sinônimo de loucura ou fragilidade. É uma doença real e deve ser tratada. Os cientistas acreditam que é causada principalmente por um desequilíbrio nos neurotransmissores que desempenham um papel importante na regulação do nosso estado de espírito. Entre esses neurotransmissores, os principais são:

  • Serotonina: ajuda a regular a nossa sensação geral de bem-estar.
  • Dopamina: ajuda a regular a memória, as emoções e a motivação.
  • Norepinefrina: ajuda o corpo a reagir em situações de tensão e stress.

6. Existe tratamento

Existem vários tratamentos eficazes para a depressão, incluindo medicação e psicoterapia. Do ponto de vista terapêutico, a terapia cognitiva comportamental tem excelentes resultados. Alguns psicólogos combinam esta terapia com hipnose ou EMDR (Eye Movement Desensitization and Reprocessing), que usa estimulação bilateral para controlar o transtorno. 

Mudanças de estilo de vida também são muito importantes para ajudar a aliviar os sintomas da doença. Melhorar a dieta, fazer exercício e acrescentar actividades agradáveis à rotina são algumas estratégias que podem promover o bem-estar de alguém com depressão.

7. Quando não tratada é a maior causa de suicídio

De acordo com a National Alliance on Mental Illness, 45% dos que cometem suicídio sofrem algum tipo de transtorno psicológico. Isso inclui pessoas com depressão não diagnosticada, não tratada ou mal tratada.

Logo, se alguém que amamos mostra sinais de depressão, é fundamental saber como agir. É importante:

  • Dizer que se preocupa com a pessoa.
  • Ser empático.
  • Não criticar.
  • Ser paciente.
  • Saber escutar
  • Evitar julgar.
  • Ser compreensivo e oferecer soluções, mas sem pressionar.
  • Fazer companhia.

PUBLICIDADE

Psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.pt

Bibliografia

World Health Organization, Depression: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/depression

Hope for Depression, Depression facts: https://www.hopefordepression.org/depression-facts/

Direção Geral de Saúde, Depressão e Outras Perturbações Mentais Comuns: https://www.dgs.pt/ficheiros-de-upload-2013/dms2017-depressao-e-outras-perturbacoes-mentais-comuns-pdf.aspx

National Institute of Mental Health, Depression: https://www.nimh.nih.gov/health/topics/depression/index.shtml

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE