Acesso profissionais Registe o seu consultório gratuitamente

Como melhorar a comunicação dentro do casal?

<strong>Artigo verificado</strong> por

Artigo verificado por Comité de MundoPsicologos

Comunicar de uma forma eficaz é um dos segredos para uma relação feliz. Quando ambas as partes sabem em que ponto estão torna-se mais fácil enfrentar possíveis crises.

3 JUN 2019 · Leitura: min.
Como melhorar a comunicação dentro do casal?

A comunicação é a base de qualquer relação e é fundamental para uma relação duradoura e constante como a que existe entre casais. Perceber os estilos de comunicação próprios e do outro, potenciar a escuta ativa a dois, bem como desenvolver estratégias eficazes de comunicação são factores que podem ter um papel preponderante na saúde emocional do casal.

Por vezes, para alcançar a meta de uma comunicação inteligente e eficaz, é aconselhável recorrer a uma terapia de casal, por exemplo. No entanto, e no caso de não se tratar de um caso extremo ou de querer apenas algumas sugestões para melhorar a sua comunicação em casal, aqui lhe damos algumas sugestões. Desde tomar consciência do tipo de comunicação que se faz, até melhorar a mesma, todos os passos são importantes e não podem ser esquecidos.

Não fazer suposições

Antes de adivinhar o que a outra pessoa está a pensar ou sentir, é preferível falar de uma forma clara e perguntar diretamente o que se deseja saber. As suposições podem ser geradoras de discussões completamente infundamentadas.

Por outro lado, não podemos esperar que a outra pessoa adivinhe ou que cada um sente: só a partir da partilha pode surgir um verdadeiro conhecimento e entendimento.

Explicar o que se entende de uma conversa ou declaração

Nem todos interpretamos da mesma forma: somos influenciados pelas nossas experiências passadas, pela emoção que se está a sentir num determinado momento, ou pelas próprias suposições, entre tantas outras variáveis. Assim, fazer um ponto de situação numa conversa para explicar o que se entendeu do que o outro disse ajuda a integrar o discurso e a perceber se realmente se está a interpretar da forma mais correta.

Praticar uma escuta activa

Acontece muitas vezes, especialmente numa discussão, estar-se calado a ouvir o outro, mas a pensar no que se vai responder, e não a ouvir verdadeiramente o que está a ser dito. Fazer uma escuta activa, interpretando e pedindo algum esclarecimento necessário, é fundamental para uma comunicação eficaz.

Respirar fundo

Fazer uma pausa, respirar fundo e, se necessário, contar até dez em momentos de stress pode ser de grande utilidade, especialmente quando se está prestes a dizer algo que pode, mais tarde, gerar arrependimento.

Ver “de fora”

Numa determinada situação, tentar sair da própria pele e ver a situação com alguma distância ajuda a discernir sobre qual a melhor atitude a tomar e, ao mesmo tempo, a tomar consciência do ponto de vista do outro.

Caminhar na mesma direção…

Conversar, ou discutir um determinado tema, pressupõe, à partida, um desejo de entendimento. Partir deste ponto é crucial para tomar consciência do objetivo de uma conversa: não será ver “quem ganha”, mas sim descobrir qual é o melhor caminho a percorrer a dois.

…mas não é preciso estar sempre de acordo

Todos os casais têm opiniões diferentes em alguns aspetos da vida: o mais importante não é partilhar uma opinião, mas sim respeitar a diferença e poder ter abertura para conversar sobre essas mesmas diferenças. Não existem duas pessoas que pensem sempre da mesma forma acerca de todos os assuntos!

Psicólogos
Linkedin
Escrito por

MundoPsicologos.pt

Deixe o seu comentário