Atitude abrupta para com pessoas próximas

Realizada por >Silvia · 2 mar 2021 Agressividade

Porque será que a minha atitude e forma de estar muda na presença de pessoas próximas, por exemplo do meu marido? Sinto-me mais “agressiva” com as palavras e atitudes, sem paciência e com um peso nos ombros. Contudo ele é excelente, gosto imenso dele e não me imagino sem ele.

Resposta enviada

Em breve iremos verificar a sua resposta para posteriormente a verificar

Ocorreu um erro

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta 3 MAR 2021

Bom dia Sílvia!
Quando estamos junto de pessoas de quem nos sentimos mais próximas, tendemos a diminuir os nossos mecanismos de controlo e estamos muitas vezes menos alerta. Consequentemente, podemos ser mais impulsivos na forma como reagimos e não mediamos as consequências das nossas atitudes, algo que fazemos quando estamos em "sociedade" onde é suposto obedecer a determinadas convenções sociais.
Uma vez que coloca a questão, vou assumir que esta característica sua é algo que não a deixa totalmente confortável, pelo que sugiro que procure estar mais atenta ao seu comportamento de forma a desenvolver estratégias de autocontrolo que irão com certeza melhorar inclusive a qualidade das suas relações.

Bernadette Matos-Lima Psicólogo em Porto

5 respostas

8 votos positivos

Contactar

A resposta foi útil para si?

Agradecemos a sua avaliação!

3 MAR 2021

Olá Sílvia.

Sem entender todo o contexto em que essa situação ocorre, torna-se difícil dar-lhe uma resposta precisa. Porém, deixarei aqui algumas hipóteses em traços gerais que poderão a ajudá-la a compreender melhor de onde vêm as suas diferenças de atitude quando está na presença de pessoas próximas.

Uma hipótese poderá estar relacionada com o facto de a Sílvia sentir algum desconforto em alguma outra valência da sua vida, como por exemplo na sua vida profissional, e ao sentir-se segura na presença de pessoas próximas, acaba por libertar parte desse desconforto na presença deles. Por outras palavras, ao sentir-se confortável perto dessas pessoas acaba por demonstrar que algo que se passa consigo, mas sem abordar o assunto diretamente.
Também poderá dar-se o caso da origem do desconforto ser o seu marido, ou alguma das outras pessoas. Talvez exista um assunto por resolver a ressoar dentro de ti, que acaba por ser manifestado através da sua atitude e da sua comunicação verbal e não-verbal.

De modo a tentar responder à sua própria questão tente identificar quando é que a sua atitude mudou perante as pessoas próximas e se existiu algum evento que tenha contribuído para essa mudança.

Espero ter contribuído para aumentar o seu bem-estar.
Desejo que tudo lhe corra pelo melhor.

Dr. André Fialho.

André Fialho Psicólogo em Porto

1 resposta

2 votos positivos

Contactar

A resposta foi útil para si?

Agradecemos a sua avaliação!

3 MAR 2021

Olá Sílvia,
Parece que existem razões mais inconscientes para a sua atitude face ao seu marido e pessoas próximas. É possível que o seu marido, ou a relação com ele, evoque aspectos não resolvidos da Sílvia, levando-a a projetar nele este tipo de sentimentos.

Cecília Medeiros

Psicóloga Cecília Medeiros Psicólogo em Porto

2 respostas

3 votos positivos

Contactar

A resposta foi útil para si?

Agradecemos a sua avaliação!

3 MAR 2021

Olá Sílvia,

Parece que existem razões mais inconscientes para a sua atitude face ao seu marido e às pessoas mais próximas. É possível que o seu marido, ou a relação com ele, evoquem aspetos não resolvidos da Sílvia , levando-a a projetar nele esses sentimentos.

Cecília Medeiros

Psicóloga Cecília Medeiros Psicólogo em Porto

2 respostas

3 votos positivos

Contactar

A resposta foi útil para si?

Agradecemos a sua avaliação!

Psicólogos especializados em Agressividade

Ver mais psicólogos especializados em Agressividade

Outras perguntas sobre Agressividade

Explique o seu caso aos nossos psicólogos

Publica a tua pergunta de forma anônima e receba orientação psicológica em 48h.

50 Necessitas escrever mais 50 caracteres

Tua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a tua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o teu caso pessoalmente.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de terapia não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o teu anonimato

Tua pergunta está a ser revisada

Te avisaremos por e-mail quando for publicada

Esta pergunta já existe

Por favor, usa o buscador para conferir as respostas

psicólogos 700

psicólogos

perguntas 50

perguntas

respostas 50

respostas